(ANSA) – O Partido da Revolução Democrática (PRD) apresentou hoje um projeto de lei para descriminalizar o cultivo, o consumo e a distribuição de maconha na capital mexicana.

O presidente da Comissão de Governo na Assembléia Legislativa Municipal, Vitor Hugo Círigo, disse que a emenda poderá, "em vez de combater os narcotraficantes com balas, desarmar de uma vez por todas esse negócio".

Caso a proposta passe pelo órgão legislativo da capital mexicana (que é governada pelo PRD, opositor ao presidente Felipe Calderón), ainda terá de ser aprovada pelo Senado e pela Câmara dos Deputados, uma vez que o tráfico de drogas é um assunto de esfera federal.

O projeto prevê que o Conselho Sanitário Geral do Ministério da Saúde estabeleça medidas para o "uso terapêutico da erva".

Além disso, considera a criação de postos de venda para comercializar porções individuais (cinco gramas) de maconha, cujo fumo não seria permitido em vias públicas.

Segundo Círigo, o México atualmente é o maior produtor da droga no mundo, com média de 7.400 toneladas por ano.

Vestibular 2009 Centro Universitário Senac. Clique e inscreva-se.

Novo discador V2. Navegue pela Internet e ganhe grana!

Baixa Hits. A mais completa loja de Música digital da Internet está a um clique daqui!

Sem mais artigos