(Da redação) – Formado em Medicina e especializado em psiquiatria e antes de se lançar no cinema foi crítico, roteirista e produtor de documentários.

Começou sua carreira como assistente de Mario Soldati em "Piccolo mondo antico" (1941) e de Alberto Lattuada em "Giacomo l"idealista" (1942). Filmou cerca de 20 curtas nos anos 40.

O italiano se instalou em Roma para definitivamente se consagrar no cinema. Em 1951, filmou "Vacanze col gangster" e em 1955 "Pane, amore e…" com Sophia Loren. Seu primeiro filme de sucesso foi "Poveri ma belli", realizado em 1956.

Em 1974 filmou "Profumo di donna" ("Perfume de Mulher"), em 1974, com Gassman e Agostina Belli, com o qual recebeu um César de melhor filme estrangeiro na França. Dino Risi recebeu um Leão de Ouro por sua carreira em Veneza (2002).

Em julho de 2007 morreram Michelangelo Antonioni e Ingmar Bergman, amigos de Dino Risi, que naquela época alertou: "Poderia ir de uma hora para a outra, mas vou esperar, pois se morro agora, os jornais colocarão a informação na parte de esportes".

Sem mais artigos