Vamos ter um filhinho?

Divulgação Vamos ter um filhinho?

O governo da Coreia do Sul está, literalmente, pagando para que as pessoas tenham mais filhos. Enfrentando um grave envelhecimento da população e uma baixíssima taxa de natalidade, o país necessita com urgência que as pessoas façam mais sexo reprodutor.

A informação é do Korean Herald. Segundo o jornal, entre as medidas para incentivar a galera, o governo disponibilizou uma ajuda financeiro para casais que buscarem tratamentos de fertilidade além de uma maior licença paternidade para os pais que estiverem recebendo um segundo filho.

A medida foi tomada pelo Ministério da Saúde coreano e surgiu após o número de bebês nascidos até aqui em 2016 cair 5,3% em comparação com essa mesma época no ano passado.

“O governo preparou medidas emergenciais com a ideia de que devemos fazer todos os esforços possíveis para bloquear a baixa taxa de natalidade que insiste em cair”, disse o ministro Chung Chin-youb.

O tamanho das famílias sul-coreanas despencou da década de 60 pra cá, apesar do país ter gastado bilhões de dólares desde então em campanhas publicitárias e de investimento para que as pessoas tenham mais filhos.

Mas ó, tá difícil.

Sem mais artigos