(Da redação) – A oposição, composta na maioria pelo DEM, ameaça pedir o impeachment do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a demissão de toda a diretoria da Abin (Agência Nacional de Inteligência).

Lula seria denunciado por crime de irresponsabilidade, o que abriria caminho para o processo de impeachment, por conta da escuta clandestina da agência no telefones dos presidentes do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, e do Congresso, senador Garibald Alves (PMDB-RN).

O DEM quer articular com o PSDB para que seja tomada uma posição conjunta. Os tucanos devem se reunir com a Execultiva Nacional nesta quarta-feira, em Brasília. A reunião foi convocada depois que a revista Veja publicou matéria onde denunciava os senadores do PSDB que tiveram seus telefones grampeados – Tasso Jereisatti (CE), Álvaro Dias (PR) e o líder Arthur Virgílio (AM).

A decisão tomada pela oposição é baseada no artigo 7º da Lei do impeachment, que estabele o crime de responsabilidade contra o livre exercício dos direitos políticos individuais e sociais, "sevir-se das autoridades sob sua subordinação imediata para praticar abuso do poder, ou tolerar que essas autoridades o pratiquem sem repressão sua".

Novo discador V2. Navegue pela Internet e ganhe grana!

Baixa Hits. A mais completa loja de Música digital da Internet está há um clique daqui!

Sem mais artigos