dog-menor-750x408

(Foto: reprodução/ Bom Pra Cachorro/Folha de S Paulo)

Como sabemos, enquanto celebramos o Réveillon, os cachorros sofrem com o barulho das explosões dos fogos de artifício, pois suas audições são bem mais sensíveis que a dos humanos. Eles se assustam facilmente, ficam irritados e alguns até fogem de casa de tão atormentados que ficam.

Pensando no bem estar dos catioros, algumas cidades brasileiras terão queima de fogos silenciosa. Campos no Jordão, no interior paulista, é uma delas, informa o site Bom Pra Cachorro, da Folha de S Paulo. A Prefeitura do município explica que o show pirotécnico na virada do ano será silencioso, apenas com cores e brilho. Sem barulho.

A medida tomada em Campos do Jordão é resultado de uma lei que proíbe a queima de fogos com estampidos. “O objetivo da lei é respeitar crianças, idosos e evitar danos aos animais, sensíveis aos ruídos causados pelos fogos de artifício tradicionais. Os danos por conta do barulho atingem tanto animais domésticos quanto os silvestres. Os pássaros, por exemplo, estão entre os mais atingidos“, afirma o prefeito Fred Guidoni.

Quem desobedecer a lei e soltar um único rojão, pode ser multado em R$ 952,66. Se for empresa a multa é mais alta e chega a R$ 2.256,30.

Segundo a reportagem, Ubatuba e Ilhabela, no litoral paulista, também terão espetáculos só com efeitos visuais. Matão, no interior de São Paulo, e Alfenas e Estiva, em Minas Gerais, resolveram não realizar queima de fogos este ano em respeito aos idosos, enfermos, crianças e animais.

Em Santos, a lei estava aprovada desde o início do ano, mas foi suspensa devido a uma liminar apresentada pelos fabricantes de fogos de artifício. A prefeitura da cidade disse ao site que os fogos utilizados na virada serão os luminosos, que têm um estampido natural do acionamento, mas produzem barulho inferior aos fogos de tiro.

Réveillons mais lindos do mundo

A cidade asiática tem um dos mais belos espetáculos de fogos de artifício do mundo. Dos topos dos prédios, são atiradas 'estrelas cadentes', para as quais as pessoas podem fazer pedidos de ano novo.
Uma das maiores festas de rua na Europa acontece no Réveillon de Berlim. Todos os anos, cerca de 1 milhão de pessoas se juntam para ver bandas ao vivo e DJs . Por lá, há ainda uma louca corrida em que os competidores correm carregando panquecas.
Na maior cidade da Oceania ocorre a maior queima de fogos do mundo. Há festas por todos os cantos. O porto de Sidney fica cheio de barcos, e os fogos coloridos fazem um espetáculo bonito sobre a Ponte de Harbour e a Sydney Opera House, cartões postais da cidade.
Se o seu negócio é praia, certamente gostaria de passar um Réveillon em Goa. Viajantes mochileiros de todo o mundo se juntam para dançar e beber em frente à cabanas e palmeiras. Casas e igrejas ficam iluminadas com luzes coloridas nessa época do ano.
As comemorações na cidade escocesa começam no dia 30 e se estendem até o dia primeiro. Bem no espírito fanfarrão escocês, a celebração tem bandas de música pop e tradicional, jogos engraçados e uma procissão pagã com tochas. Milhares de pessoas cantam, juntas, a canção tradicional 'Auld Lang Syne'.
Na gélida capital islandesa, a paisagem cheia de neve é iluminada tanto pela aurora boreal quanto por 500 toneladas de fogos de artifício. Um espetáculo lindo de morrer.
A cidade, conhecida pela festança carnavalesca no Mardi Gras, tem uma celebração do ano novo explosiva. Fogos de artifício estouram ao longo do rio Mississipi e as pessoas se reúnem na praça Jackson Square para a contagem regressiva.

Para não assustar cães, algumas cidades brasileiras terão queima de fogos silenciosa

Sem mais artigos