Para alguns, passar a quarentena com o parceiro ou a parceira pode parecer um cenário, no mínimo, romântico. Mas uma nova pesquisa realizada com mulheres estadunidenses mostrou que a maioria prefere passar este período ao lado da amiga mais próxima, não de um companheiro.

O estudo realizado com mais de 2 mil mulheres dos Estados Unidos, feito pelas empresas BloomsyBox  e OnePoll, mostrou que essa é a opinião de 56% das participantes, informou a revista People.

Para 89% das voluntárias, a amizade com outras mulheres é de extrema importância, e 23% descreveu este laço como “essencial”.

Enquanto muitos casais passaram por períodos difíceis na quarentena, o oposto ocorreu no campo da amizade. 47% das mulheres afirmaram que a pandemia as aproximou de suas melhores amigas. Há quem também tenha dado chance a uma nova amizade: 54% das participantes ficaram extremamente próximas de uma pessoa nova devido à pandemia.

As participantes relataram que suas amigas as ajudaram de diversas formas em 2020: ajudando-as a pagar as contas e fazer as compras do mercado, entregando refeições e oferecendo suporte emocional. Para 89%, essas relações as auxiliaram a lidar com a pandemia, sendo que 12% acreditam que “não estariam aqui” sem a melhor amiga.

Sem mais artigos