(Da redação) – Um grupo de procuradores regionais da República está reunido em São Paulo para decidir sobre um possível pedido de impeachment contra o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Gilmar Mendes por “crime de responsabilidade”.

Na última sexta-feira, 26 procuradores regionais da República da 3ª Região, em São Paulo, divulgaram carta em que se manifestaram contra a decisão de Gilmar Mendes, que suspendeu a prisão do banqueiro Daniel Dantas, suspeito por crimes financeiros. Os procuradores alegam que o posicionamento de Mendes ia contra o regime democrático.

Ao determinar a libertação de Dantas, o presidente do STF alegou concordar com a defesa do banqueiro, que afirmou que não ocorreram fatos novos que justificassem a segunda prisão. Mendes diz ter usado os mesmos fundamentos que permitiram a suspensão da prisão temporária, também permitiam revogar a prisão preventiva, decretada pelo juiz da 6ª Vara Criminal Federal de São Paulo.

Novo discador V2. Navegue pela Internet e ganhe grana!

Baixa Hits. A mais completa loja de Música digital da Internet está há um clique daqui!

Sem mais artigos