Todos sabem que as palavras, quando ditas de maneira errada e ofensiva, podem machucar. Mas você já imaginou como seria se todos os abusos verbais deixassem as mesmas cicatrizes dos abusos físicos? O projeto Weapons of Choice (Armas de Escolha, em tradução livre) do fotógrafo Richard Johnson tenta retratar como seriam.

Para transformar os xingamentos em cicatrizes e hematomas, Johnson convidou um maquiador e, em meio às marcas de violência, escreveu algumas palavras de ódio.

Segundo informações do Huffington Post, o fotógrafo decidiu realizar o trabalho por conta de experiência com abusos verbais, envolvendo figuras de autoridade e pais.

“Eu acho que o objetivo [do projeto] é colocar luz sobre o fato de que, quando falamos sobre bullying, nós estamos falando de abuso físico real. Chama muita atenção quando um pai abusa de seu filho, filha ou esposa, mas eu acho que o buraco é mais embaixo. Antes de ele decidir colocar efetivamente a mão em alguém, rola muito abuso verbal”, declarou Johnson.

Para ele, esse é um problema da sociedade e as pessoas não podem se esquecer que, sempre, existem três pessoas envolvidas em cada situação de abuso: o agressor, as vítimas do abuso e a testemunha.

Veja as fotos do projeto na galeria acima!

Sem mais artigos