Cada vez mais, as mulheres, bombardeadas pelo estereótipo de beleza imposto pela sociedade, se sentem acuadas para expressar sua beleza natural. Por isso, Deborah Evelyn criou o projeto Ser Singular, que mostra como o corpo de cada mulher é diferente, cheio de peculiaridades e também lindo.

Com a série, a fotógrafa quis despertar uma reflexão: todas as mulheres, ao menos uma vez, já sofreram ao se depararem com suas marcas, estrias, celulites e até mesmo o tamanho de seios e bunda na frente do espelho; mas quem determinou o que é belo?

Mulheres comuns, com rugas, tatuagens, imperfeições e estilos diferentes: a liberdade em reconhecer o próprio corpo e valorizar cada curva, cada “defeito”, ajuda as pessoas a se compreenderem e, consequentemente, ser mais felizes.

Confira as fotos do projeto na galeria acima!

Sem mais artigos