Kevin, o pavão, se tornou símbolo de esperança na Inglaterra no início da pandemia

O pavão Kevin, que virou símbolo de esperança em tempos difíceis da pandemia de Covid-19, na Inglaterra, foi morto na última semana por uma raposa.

A direção da escola onde Kevin foi “adotado” e passou a viver emitiu um comunicado aos pais dos alunos, informando que o animal fora abatido por uma raposa.

Kevin apareceu misteriosamente na região de Chingford, próxima a Londres, e logo foi morar na escola de ensino fundamental Yardley.

Kevin era atração para as crianças do local e se tornou o mascote da escola. Os pais dos alunos lamentaram a morte de Kevin, que teve os restos mortais encontrados pelo zelador.

Sem mais artigos