Hummus bar

“Com medo de árabes? Com medo de judeus? Para nós, não há nem árabes, nem judeus. Para nós, todos são pessoas!”, o que parece ser o slogan de alguma campanha de pacificação, na verdade é um apelo-oferta que Kobi Tzafrir escreveu num post do Facebook. Ele é dono do Humus Bar, um restaurante na cidade de Netanya, em Israel, está oferecendo 50% de desconto nos pratos de judeus e árabes que dividirem a mesma mesa. Uma possibilidade de trégua e paz nem que seja por meio de uma boa refeição. <3.

pratos árabes e judeus

O anúncio do menu ainda oferece “um excelente homus árabe e um ótimo falafel judaico! E uma segunda rodada de todos os pratos de homus, seja você árabe, judeu, cristão.” Ao jornal Times of Israel, o dono do restaurante disse que desde que postou a mensagem na rede social foram servidas muitas refeições compartilhadas entre árabes e judeus. “Se tem alguma coisa que consegue manter esse povo unido é o homus”, disse sobre a típica pasta de grão de bico que é especialidade da casa.

A ideia, é claro, chamou a atenção não só dos moradores da cidade. “Um lindo post que salvou meu dia, embora eu esteja a milhares de quilômetros de distância”, escreveu um usuário no Facebook. “Amei a ideia de unir as pessoas com comida! Amor e comida podem tudo!”, postou outra.

Músicos que se manifestam sobre a guerra entre Israel e Palestina

Restaurante em Israel dá desconto de 50% para judeus e árabes que sentarem juntos

Sem mais artigos