(Da redação) – Neste ano, a cidade de São Paulo alcançou a marca de metrô mais lotado do mundo. A lista foi organizada pela Comunidade de Metrôs (CoMET, na sigla em inglês), que reúne os 11 principais sistemas de transporte pelo planeta.

Hoje, a capital paulista transporta 10 milhões de passageiros por km de linha, mais que Moscou, na Rússia, com 8,6 milhões, que ficou em segundo lugar. Xangai, na China, vem em terceiro, com 7 milhões de pessoas.

Mas a superlotação observada em São Paulo pode ser explicada por dois fatores. Um deles é a criação do bilhete único em 2006, que fez aumentar em 750 mil passageiros que utizam o transporte todos os dias.

Com isso, o número de passageiros no horário de pico, medidos por m², subiu para 8,6, acima dos padrões internacionais, que estipulam a marca de 6. Dentro desta lotação, a companhia do Metrô teve que reduzir em 10 km/h a velocidade dos vagões, aumentando, assim, o tempo de viagem em 4 minutos.

Outro fator que contribui para o caos no transporte, é que os trilhos de São Paulo atingem apenas 61,3 km de linha, que comportam 11 milhões de pessoas por dia. Para se ter uma idéia, Santiago do Chile oferece 83,2 km, sendo que a cidade possui apenas 5,5 milhões de moradores.

Novo discador V2. Navegue pela Internet e ganhe grana!

Baixa Hits. A mais completa loja de Música digital da Internet está há um clique daqui!

Sem mais artigos