(Da redação) Um soldado do Exército foi preso na madrugada deste sábado perto da Avenida Paulista. A polícia suspeitou que ele tivesse roubado um carro.

O jovem soldado foi preso depois de fugir a pé de uma blitz de fiscalização da lei seca. Os policiais o seguiram e descobriram que o carro, em que o jovem estava, havia sido furtado.

Na delegacia, o soldado de 18 anos confessou que roubou o carro com a intenção de conseguir dinheiro para pagar um advogado para a mãe e o irmão. Os familiares são acusados de receptação de objetos da casa de uma delegada do Departamento de Investigações sobre Narcóticos.

O soldado foi preso por receptação do carro e falsidade ideológica, uma vez que a carteira do exército dele estava com o posto alterado. “Ele aumentou uma patente e modificou o registro de soldado para cabo”, disse o delegado ao G1.

Sem mais artigos