(Da redação) – O Superior Tribunal de Justiça negou nesta terça-feira recurso pedido por Suzane Richthofen para receber parte da herança deixada pelos pais, avaliada em R$ 800 mil. Apenas o irmão de Suzane, Andreas, recebeu sua parte da herança.

Na quinta-feira, dia 7, os advogados de Suzane vão entrar com um novo recurso, desta vez, para pedir a redução da pena. Eles alegam que o atenuante da confissão deve ser levado em conta.

A defesa alega que, para Suzane, foi considerada apenas a menoridade relativa, atenuante aplicável aos indivíduos que tenham entre 18 e 21 anos quando do cometimento do crime. Na data do assassinato, ela tinha 19 anos.

Suzane foi condenada a 39 anos e seis meses de prisão pela morte dos pais, Marísia e Manfred von Richthofen, junto com os irmãos Cristian e Daniel Cravinhos, este último, seu namorado na época do crime.

Novo discador V2. Navegue pela Internet e ganhe grana!

Baixa Hits. A mais completa loja de Música digital da Internet está há um clique daqui!

Sem mais artigos