Parece que a patricinha Paris Hilton está encrencada por se envolver em mais uma polêmica. Segundo informações do site “TMZ”, um taxista de Nova York teria gravado um comentário homofóbico que a socialite fez durante uma conversa com um amigo.

Tudo começou após ela ouvir do amigo, que seria homossexual, sobre um site gay que promove encontros. Paris teria declarado: “Homens gays são as pessoas mais nojentas do mundo. A maioria, provavelmente, tem AIDS. Eu ficaria muito assustada se fosse um rapaz gay.”  

Após a notícia se espalhar pelo mundo, a assessoria de Paris Hilton enviou nesta quinta-feira (20) um comunicado oficial, dizendo que ela não teve a intenção de denegrir os gays.

“Os comentários de Paris Hilton foram para expressar o quão perigoso é para qualquer um fazer sexo sem proteção, que pode fazer com que você tenha que lidar para sempre com uma doença sem cura. A conversa gravada aconteceu depois que um amigo gay muito próximo a ela contou a história de um rapaz que tem AIDS e que praticava sexo sem camisinha. Eles também discutiram sobre um site que encoraja homens a fazerem sexo casual com estranhos. O motorista de táxi que gravou isso só divulgou uma parte da conversa. Ela não teve intenção de fazer nenhum comentário que denigra os gays”, diz o comunicado, segundo o site TMZ.

Suposta conversa homofóbica de Paris Hilton gera polêmica

Sem mais artigos