A cantora Beyoncé escreveu um artigo para o “The Shriver Report”, organização não governamental americana que luta pelos direitos das mulheres, argumentando que o mundo precisa parar de fingir que a igualdade de gênero existe.

No texto, escrito após a organização apontar que 42 milhões de mulheres nos Estados Unidos vivem na pobreza ou à margem dela, a diva pop diz que homens e mulheres precisam trabalhar em conjunto para que a igualdade realmente apareça. “Precisamos parar de acreditar no mito da igualdade de gênero”, escreve ela.

“Não é uma realidade ainda. Hoje, as mulheres representam metade da força de trabalho dos EUA, mas ganha em média 77% do que o homem ganha. Mas, ao menos que as mulheres e os homens digam que isso é inaceitável, as coisas não vai mudar. Os homens têm de exigir que suas esposas, filhas, mães e irmãs ganhem mais –que seja compatível com as suas qualificações e não com um gênero. A Igualdade será alcançada quando homens e mulheres sejam contemplados em igualdade com remuneração e respeito”.

“Temos muito trabalho a fazer”, continua Beyoncé. “Mas podemos chegar lá, se trabalharmos juntos. As mulheres são mais de 50% da população e mais de 50% dos eleitores. Devemos exigir que todos nós recebamos 100% das oportunidades.”

Sem mais artigos