A artista e ativista australiana Casey Jenkins acredita na arte como forma de expressão e conscientização.  Com o objetivo de mostrar que a genitália feminina não é nenhum tabu, tampouco representa algo assustador, a moça ficará numa instalação numa galeria de arte durante 28 dias tricotando um cachecol com novelos de lã introduzidos na vagina. “Todos os dias eu pego um novo novelo de lã, coloco dentro de mim … e então eu puxar o fio e tricoto”, explica.

Durante este período, Casey não para nem mesmo em seu período menstrual. Ela explica que não faria sentido deixar de lado este momento. “O desempenho não seria o mesmo se eu interrompesse meu ciclo menstrual ou deixasse o projeto neste momento, ainda que seja mais desconfortável nesses dias”, comenta.

Apesar de estranho, a australiana afirma que a atividade não é dolorosa, afinal, ela mesma exemplifica que se os bebês saem por este canal, o que significa um mísero novelo de lã?

Abaixo você vê como tudo funciona. 

Sem mais artigos