Poucas revistas masculinas conseguiram chegar perto do sucesso da Playboy, aquela revista que você comprava só para ler as entrevistas, sabe? Brincadeiras à parte, a marca viveu anos dourados com a descoberta das Coelhinhas, modelos que estampavam as páginas da revista e causavam um verdadeiro alvoroço entre homens e mulheres. Era muito glamour, desejo, fama e sensualidade combinados num lugar só, a saudosa Playboy. Hoje, não rola mais nenhuma nude picante ou coelhinhas favoritas do mês, mas já foi diferente.

A NYMag foi atrás de algumas das modelos favoritas da Playboy nas décadas de 50, 60 e 70 para descobrir como estão essas mulheres hoje, alguns anos depois. Spoiler: elas continuam maravilhosas, apenas. Dá uma olhadinha nas histórias aqui na galeria:

Sem mais artigos