A Defesa Civil do município de Angra dos Reis retomou neste sábado (9) as buscas pela menina Alessandra de Carvalho, de 11 anos, no Morro da Carioca, onde 21 pessoas morreram vitimadas pelo deslizamento de terra provocado pelo temporal que caiu naquela cidade na virada do ano. 


 


As buscas prosseguem também na enseada do Bananal, na Ilha Grande, onde os deslizamentos causaram 31 óbitos. No local, está desaparecida Roseli  Marcelino Pedroso, de 34 anos.


 


Segundo informou a  Coordenação  de Relações Públicas da Defesa Civil municipal, a chuva que caiu ontem (8) no município não provocou danos graves. Os trabalhos continuam neste fim de semana, sem descanso.


 


Segundo a coordenação de de relações públicas de Angra, o ritmo de trabalho no município é “de segunda-feira”, com ” todo mundo em campo, fazendo vistoria, fazendo limpeza, cortando árvores”.

Buscas por duas desaparecidas são retomadas em Angra

Sem mais artigos