Conhecidos por hits como Pimpolho e , a banda Art Popular – há cinco anos sem seu membro fundador, Leandro Leart – aposta em clássicos do pagode dos anos 1990 e novas canções em suas apresentações. Foi com Pimpolho que começou o show deste sábado, (1) para 100 mil pessoas na Arena Skol, centro de Florianópolis (SC). No camarim, momentos antes do show, a banda se reuniu e conversou com a reportagem do Virgula.

Sobre o revival do gênero, que tem sido chamado até de cult por público e crítica, o vocalista Pedrinho Black foi categórico. .”Muita gente que antes discriminava o pagode hoje percebe que, mesmo se você não curtir a música, percebe que em termos de harmonia, musicalidade e produção, tem uma qualidade”, explica. “Nesse sentido, eu, principalmente por ser o mais novo do grupo, me sinto justiçado”, explica.

O show do Art Popular na Arena Skol serviu de encerramento para a festa que invadiu as ruas do centro de Florianópolis neste sábado (1). A festa começou na praça Fernando Machado, local de concentração do Bloco dos Sujos, que reuniu cerca de 10 mil pessoas.

Veja as fotos do show e de quem passou pelo camarote Skol na galeria de imagens.

Sem mais artigos