A cantora <b>Lady Gaga</b> partiu em defesa de um jovem estudante que foi expulso de sua escola por usar uma camiseta com um logo dizendo “I Love Lady Gay Gay”, num colégio no estado americano do Tenessee.

Cole Goforth, o jovem que foi banido por uma simples camiseta, afirmou em entrevistas que foi vítima de preconceito vindo da direção da escola e que a camisa estaria desencaminhando outros alunos do colégio.

“Estive no estúdio por vários dias, hora após hora de gravação, quando descubro que um pequeno monstrinho foi discriminado por seus próprios professores”, postou a cantora em seu Twitter, chamando o jovem cole pelo apelidinho carinhoso que dá aos seus fãs: monstos.

“Isso me lembra de todo o compromisso e amor que eu sinto por vocês, além de minha devoção eterna por poder escrever-lhes músicas que vão libertar vocês do preconceito”, continuou Lady Gaga na rede de microblog. “Obrigado por usar a camisa com orgulho em sua escola. Você me deixou muito orgulhosa e é uma inspiração para todos nós.”

Lady Gaga defende garoto da camiseta Lady Gay Gay

Sem mais artigos