A premiação do Oscar em 1960 entregou o prêmio de Melhor Filme Estrangeiro para uma co-produção Brasil-França-Itália. O país que oficialmente representou o filme foi a França. Assim, Orfeu do Carnaval (Black Orpheus) foi considerado um filme francês.

A trama do filme, porém, se passa no Rio de Janeiro em pleno carnaval, narrando o romance entre os mitos Orfeu e Eurídice. Com músicas compostas por Tom Jobim e Luiz Bonfá, o filme foi um dos veículos que divulgou a Bossa Nova nos EUA.

Agora, os norte-americanos querem resgatar Orfeu do Carnaval. Segundo o site Deadline, a obra vai virar um musical da Broadway. Os produtores já adquiriram os direitos, mas a trilha musical será nova, diferente da anterior composta pelos brasileiros.

“Vai haver um novo compositor”, declarou um porta-voz do espetáculo. Ainda não foi divulgado nenhum nome para o elenco ou equipe técnica, mas a direção deve ficar com George C. Wolf – ganhador do Tony pelo espetáculo Angels in America, em 1993.

Sem mais artigos