Inspirada nos textos despudorados do Tumblr Controle Y, a peça teatral Complexo de Cumbuca desembarca em São Paulo para duas únicas apresentações nesta semana. Com direção de Rodrigo Dourado e atuação de Rodrigo Cavalcanti, o monólogo discute o universo afetivo-sexual do mundo gay.

No espetáculo, são abordadas as diversas possibilidades desse universo: encontros rápidos, decepções amorosas, aplicativos de pegação sexual, aventuras sexuais bizarras. Tudo embalado em tom bem-humorado de stand-up comedy – acentuado pelo fato do ator estar só em cena.

O material utilizado para a concepção da peça envolveu não apenas os textos do Controle Y (cujo autor misterioso permanece incógnito), mas também experiências vividas pelo próprio ator, Rodrigo Cavalcanti.

No Controle Y (“Porque Amar Tá Foda!”), alguns textos são hilários, outros pegam pesado na melancolia, mas no geral é tudo muito divertido e bastante crítico à realidade da vida amorosa-sexual do eleitorado gay da atualidade. Vale dar uma espiada.

E vale também conferir Complexo de Cumbuca, cujas performances em SP fazem parte do festival Em Busca de um Teatro Gay – organizado pelo ator Rodolfo Lima e que traz montagens teatrais, debates e exposição de material de imprensa sobre o assunto.

Complexo de Cumbuca
15 e 16 / 01 – 21h
Casa Contemporânea – R. Capitão Macedo, 370
Vila Mariana – SP
R$20 e R$10

Complexo de Cumbuca

Sem mais artigos