Começa nesta sexta-feira, dia 23 de agosto, o 16º Festival de Cultura e Gastronomia de Tiradentes, cidade da Zona da Mata do estado de Minas Gerais que durante dez dias se transformará na capital nacional da gastronomia, com atividades em 40 restaurantes e 22 locais do Centro Histórico.

A expectativa é de que a cidade receba 35 mil visitantes, parte deles turistas vindos de todo o país e do exterior. A programação artística conta com 84 atrações gratuitas, entre shows e espetáculos de teatro, além da abertura da exposição itinerante Oratórios – Relíquias do Barroco Brasileiro. A exposição reúne 115 oratórios, objetos e imagens sacras dos séculos XVII ao XX pertencentes ao acervo do Museu do Oratório, instalado em Ouro Preto, desde 1998.

Cerca de 60 palestras, debates, cursos, workshops e degustações também serão oferecidos ao público gratuitamente, mediante inscrição prévia feita nos locais de realização.

Para a parte cultural desta edição foram convidados artistas e grupos de Minas Gerais e dos estados visitados pela Expedição Brasil Gastronômico: São Paulo, Bahia, Mato Grosso, Paraná e Rio Grande do Sul, além do Distrito Federal.

A expedição é um projeto que antecedeu o festival com objetivo de fazer um retrato de toda a cultura e cadeia gastronômica regional do Brasil.

Entre as principais atrações musicais do festival deste ano estão o escritor e saxofonista Luiz Fernando Veríssimo com o seu Jazz 6; o Tomati Jazz Trio, liderado pelo guitarrista Carlos Tomati, mais conhecido por integrar o Sexteto do Jô; o multi-instrumentista gaúcho Renato Borghetti; e Gabriel Grossi, um dos maiores gaitistas da atualidade.

Já em relação à gastronomia, uma das novidades nesta 16ª edição do evento será a ampliação das atividades realizadas nas ruas. O conforto e a integração entre os visitantes é a principal preocupação da cenografia pensada para o Largo das Forras, principal praça do Centro Histórico de Tiradentes, que ganhará grandes mesas comunitárias de madeira para 80 a 120 pessoas.

Menus especiais serão oferecidos por oito restaurantes convidados. Entre eles pratos como pescada amarela, creme leve de baroa, beterrabas secas e azeite de carvão; porco recheado com joelho e paçoca de verduras do “terreiro”; pastel de Belém de bacalhau; isca de fígado com mandioca acompanhada de farofa de carne; entre outras delícias locais e nacionais

Chefs convidados vão participar dos já famosos festins, onde serão apresentados pratos de seus restaurantes. Neste ano, além de renomados chefs nacionais estarão presentes o colombiano Juan Manuel, do El Cielo (Medellín e Bogotá); o argentino Fernando Rivarola, do El Baqueano (Buenos Aires); e o mexicano Bruno Oteiza, do Biko (Cidade do México).

O 16ª Festival de Cultura e Gastronomia de Tiradentes acontece até o dia 1º de setembro. 

Tiradentes (MG) recebe 16ª Festival de Cultura e Gastronomia

Sem mais artigos