<br>Parece repetição, mas desta vez é sério. Ontem (segunda-feira), no lançamento de um DVD comemorativo sobre sua história, o atacante Romário afirmou que sua carreira de atleta profissional de futebol está encerrada. O agora ex-jogador, que está com 42 anos, comentou sua decisão e oficializou o adeus aos gramados. Desta vez, pode-se, enfim, dizer que o Brasil está perdendo um dos maiores jogadores de todos os tempos.

Visivelmente emocionado, o baixinho disse que não tem mais condições de atuar profissionalmente, devido ao tempo em que já está inativo." Meu último jogo foi contra o Internacional, no Brasileirão do ano passado, e lá se vão mais de seis meses. É muito difícil conseguir voltar a uma forma física adequada para disputar jogos oficiais", lamentou o craque, que desde então, engordou quase 3Kg.

Sem contrato com o Vasco desde 31 de março, Romário já não estava mais treinando. Nos últimos meses, estava se dedicando ao DVD – "Romário é gol", lançado ontem, e que reúne mais de 900 gols da carreira do matador. Sobre sua despedida, o polêmico artilheiro revelou que ainda não há nada certo, mas não descartou um partida amistosa como forma de homenagem. "Seria muito bem vindo um jogo em que eu pudesse vestir a camisa do Brasil e dos clubes que defendi aqui, e é lógico, a partida teria de ser no Maracanã", animou-se o baixinho, que defendeu Vasco, Flamengo e Fluminenese, todos do Rio.

Romário começou a carreira no Vasco da Gama em 1985, e logo partiu para a Europa, onde defendeu PSV-HOL, Barcelona e Valencia. No exterior, o ex-jogador também defendeu o Adelaide-AUS, o Miami-EUA e o Al-Sadd do Qatar. O baixinho entrou para a galeria dos grandes jogadores do futebol brasileiro e mundial por muitos motivos, dentre eles, levar o Brasil ao tetracampeonato mundial em 1994, sagrar-se artilheiro do brasileiro de 2005 aos 40 anos, e ao se tornar, no dia 20 de maio de 2007, o segundo jogador da história a marcar mais de 1000 gols na carreira.

<b>LEIA TAMBÉM:</b>
<a target=_blank href=http://www.virgula.com.br/esporte/novo/nota.php?ID=22457>Sempre polêmico, Romário passou a vida inteira sendo notícia</a>

Sem mais artigos