O campeoníssimo Anderson Silva provou mais uma vez porque é considerado o melhor entre todas as categorias do MMA. Lutando contra o bastante técnico Vitor Belfort, Silva simplesmente destruiu seu combatente e manteve, pela oitava vez consecutiva, o título do pesos médios do UFC.

A luta começou amarrada e prometendo um combate sem grandes emoções como haviam sido os demais até então. Porém, quando estava no final do 1º round, Anderson Silva encaixou um chute frontal no queixo de Vitor Belfort, que caiu no chão totalmente paralisado.

Foi o suficiente para que o árbitro da noite, o também brasileiro Mário Yamasaki, encerrasse a disputa. Agora, Anderson Silva deve enfrentar o canadense George Saint Pierre, atual campeão dos meio-médios. GSP só não lutará contra o Aranha caso perca sua próxima luta para Jake Shields.

Jon Jones vence e encara Shogun

Uma notícia inesperada também movimentou a noite do UFC 126. Jon Jones, após finalizar Ryan Bader no 2º round, foi informado que irá enfrentar o brasileiro Mauricio ‘Shogun’ Rua na disputa pelo cinturão dos meio-pesados, no UFC 128, em março.

Shogun iria enfrentar Rashad Evans, mas o norte-americano está com problemas no joelho e não poderá lutar.

Card principal (resultados)

Miguel Torres x Antonio Banuelos – vitória de Torres por decisão dos juízes;
Carlos Eduardo Rocha “Tá Danado” x Jake Ellenberger – vitória de Ellenberger por decisão;
Ryan Bader x Jon Jones – vitória de Jon Jones por finalização no 2º round;
Rich Franklin x Forrest Griffin – vitória de Forrest Griffin por decisão do jurado;
Anderson Silva x Vitor Belfort – vitória de Anderson Silva com um chute frontal ainda no 1º round.

Anderson Silva acerta golpe impressionante e mantém cinturão dos médios

Sem mais artigos