Anderson Silva não deixou especulações sobre o seu acordo com o site Ohhtel.com, voltado para pessoas insatisfeitas sexualmente em seus casamentos, ganhasse força. De acordo com o lutador, ele não recebeu nenhuma proposta de patrocínio.

“Pessoal, não recebi proposta de nenhum site, como foi passado para a mídia. Mesmo se recebesse, não aceitaria esse tipo de proposta”, escreveu o lutador em seu Twitter.

De acordo com o site, a proposta para ter Anderson Silva como seu patrocinado foi de R$ 1 milhão com bonificação de R$ 50 mil por luta vencida.

Além de Anderson Silva, a 9ine, empresa que gerencia a imagem do atleta, negou qualquer contato do site.

“A 9ine esclarece que não tem conhecimento de nenhuma proposta feita ao seu atleta para ser garoto-propaganda de um site. Ainda que alguma proposta tivesse sido enviada diretamente ao atleta ou à 9ine, Anderson Silva não aceitaria porque a sua imagem junto aos seus fãs não condiz com a do referido site”, disse a empresa.

Anderson Silva nega oferta de patrocínio de site de infidelidade

Sem mais artigos