Anderson Silva, considerado um dos melhores lutadores de MMA da atualidade, revelou um dos maiores golpes que já sofreu na vida: ser vítima de racismo. Em entrevista que vai ao ar neste sábado (30) no Esporte Fantástico, da Rede Record, o Aranha disse que tudo ocorreu antes da fama, quando ainda morava em Curitiba e trabalhava como atendente em uma lanchonete.

“O cliente chegou e disse: ‘Não tem outro para me atender? Não quero ser atendido por um negro’. Chamei o meu gerente para resolver a questão para não perder a razão, mas foi triste.”, revelou Anderson. 

Na entrevista, o lutador também fala sobre a expectativa da aposentadoria e da saudade que sente dos cinco filhos por estar sempre viajando para disputar lutas e participar de eventos do UFC.

Anderson Silva revela que já foi vítima de racismo: “Não quero ser atendido por um negro”

Sem mais artigos