<br>
O Corinthians está de luto. Um dia após ser rebaixado para a Série B, o clima no Parque São Jorge não era nada bom: muitos torcedores protestando, muitos policiais e seguranças tentando acalmar os ânimos. Visivelmente assustado, o presidente do Timão, Andrés Sanchez, chorou em coletiva realizada nesta segunda-feira.

O dirigente confirmou a contratação dos atacantes Lima e Rafinha, mas não garantiu que o agro ex-jogador Antonio Carlos, que encerrou sua carreira nos gramados ontem, seja o novo gerente de futebol. Segundo ele, o ex-zagueiro ainda não aceitou o convite.

Andrés revelou que esta semana será decisiva para a decisão da permanência ou não do técnico Nelsinho Baptista. "Continuo achando que ele fez um trabalho excelente, mas a negociação com ele continua esta semana. Nada está resolvido", disse ele.

A todo momento, o presidente do Corinthians fez questão de dizer que o clube será administrado, daqui em diante, de forma "transparente e honesta". Não quis adiantar quais jogadores deixarão o elenco, apesar de mais de 10 jogadores terem seu contrato para terminar neste mês de dezembro.

Quando questionado sobre o que achava sobre o clima que reinava no clube – a polícia, os protestos – Andrés foi às lágrimas. "Não tenho vergonha de chorar. Sou corintiano e estou decepcionado", afirmou ele.

"O Corinthians, a partir de hoje, é independente totalmente. Será respeitado e ouvido como sempre deveria ter sido", garantiu Andrés, sobre a possibilidade de romper com o Clube dos 13. "Não sou homem de romper, sou negociador".

Há 56 dias no maior cargo do clube, Andrés garantiu que respeita quem ainda tenha desconfiança sobre ele. "Eu fiz tudo que pude pra tirar o Corinthians desta situação, quem trabalha comigo sabe", garantiu.

Depois de dizer que, agora, o Corinthians será "um clube e 33 milhões de pessoas", o presidente se levantou para ir embora. Quase que imediatamente, um torcedor, que estava escondido entre as câmeras de TV saiu gritando palavras contra Andrés Sanchez. Os jornalistas se assustaram, mas o torcedor saiu sem causar mais problemas.

<b>Saiba mais:</b>
<a target=_blank href=http://virgula.terra.com.br/esporte/mural/index.php?id=1392>Meteram mão no Timão?</a>

Sem mais artigos