O Campeonato Brasileiro acabou, mas as polêmicas sobre entrega de resultado não. A bola da vez foi o presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, que admitiu que o goleiro Felipe deixou o Flamengo ganhar em 2009.

“Meu Corinthians não fez isso, quem fez, foi o mau caráter do goleiro’’, afirmou Sanchez em entrevista à Rádio Bandeirantes.

A polêmica em cima de Felipe foi criada após o goleiro se recusar a defender o pênalti cobrado por Adriano no duelo entre Flamengo e Corinthians no ano passado. O jogo poderia ajudar o São Paulo a faturar o título.

Revoltado com a acusação de Andrés Sanchez, Felipe disparou contra o dirigente pelo Twitter. “Fiz mais de 50 jogos pelo Corinthians após o jogo contra o Flamengo, e só agora o Andrés aparece para dizer esse tipo de coisa. Por que não disse antes, quando eu jogava lá?’”, escreveu o goleiro.

Felipe deixou o Corinthians no meio deste ano quando o goleiro chegou a trocar farpas ao vivo com o dirigente pela televisão.

Andrés Sanchez admite que Felipe entregou jogo em 2009

Sem mais artigos
Sair da versão mobile