Andrés Sanchez é incontestavelmente um dos presidentes mais bem-sucedidos da história do Corinthians e, ao ver o adversário Palmeiras em crise, resolveu dar pitacos. Para Sanchez, o presidente alviverde Arnaldo Tirone deveria fazer uma “limpeza” na diretoria do clube.

“Tínhamos 228 pessoas trabalhando na diretoria do Corinthians, 67 eram conselheiros, de todas as alas políticas. Para mudar, teve de sangrar, foi duro, briguei com muita gente. Essas pessoas acham que mandam mais do que os administradores. Se você os contraria, vira uma guerra. Nós buscamos pessoas com formação. Antes, o marketing era no médico, por exemplo. Eu peguei o Corinthians arrasado, cortei essas coisas de conselheiros”, disse.

Tirone respondeu: “Eu me considero alfabetizado em termos de Palmeiras. O clube não tem dono, não tem presidente mão de ferro. Na minha diretoria, eu procurei colocar as melhores cabeças. Somos profissionalizados.”

Andrés sugere "limpeza" a presidente do Palmeiras

Sem mais artigos