Na última quarta-feira o atacante Adriano foi parado por uma blitz da Lei Seca, no Rio de Janeiro. Quando foi solicitado para realizar o teste do bafômetro, o Imperador recusou. Esta pode ter sido a atitude que irá definir o futuro da carreira do camisa 8 da Roma.

Segundo o jornal italiano ‘Corriere della Sera’, a Roma deve multar seu jogador e estuda até a possibilidade de rescindir o contrato de Adriano em virtude do ocorrido no Rio.

Para piorar a situação, um dia antes o Imperador foi fotografado consumindo cerveja em um restaurante logo após desembarcar no Brasil com a finalidade de realizar o tratamento da cirurgia no seu ombro direito.

Adriano fez a cirurgia no final de janeiro. Ao embarcar para o Brasil, o jogador disse que era necessário um mês e meio para sua recuperação plena. A imprensa italiana ironizou o fato por coincidir com a data do carnaval.

Após problema com Lei Seca, Roma quer rescindir contrato com Adriano

Sem mais artigos