Alexandre Castro, árbitro francês que no mês passado se envolveu em uma
polêmica com o diretor de futebol do Paris Saint-Germain, o brasileiro
Leonardo, revelou ter recebido ameaças de morte por telefone, segundo o
periódico espanhol Mundo Deportivo destaca neste domingo (02).

O lance valeu a Leonardo uma suspensão de nove meses de seu
cargo, dado pela Federação Francesa de Futebol. O dirigente, exasperado com a
expulsão de Thiago Silva no jogo do PSG contra o Valenciennes, no último dia 5
de maio, deu um empurrão no juiz da partida, por considerar sua decisão
injusta.

Castro diz ter recebido as ameaças no dia seguinte ao
ocorrido, além de insultos, tudo por meio de seu celular, mas só fez a denúncia
nesse sábado (01), na cidade de Lyon.

O clube parisiense ainda luta para ter a sanção revogada,
ainda mais por estar querendo contar com Leonardo para o comando técnico do
time, já que a ida do italiano Carlo Ancelotti para o Real Madrid está cada vez
mais certa.

Relembre o lance no vídeo abaixo:



Sem mais artigos