O árbitro Jonathan Moss parece não ter aprendido a utilizar o spray que marca onde a bola e a barreira devem estar em uma cobrança de falta. Na partida entre Arsenal e Crystal Palace, pela primeira rodada do Campeonato Inglês, acabou sobrando para Santi Cazorla, do time mandante.

Ao tentar utilizar o spray para a marcação de uma falta, o árbitro se atrapalhou, espirrou para o alto, atingindo o rosto do jogador espanhol do Arsenal, que se afastou tossindo e cuspindo o spray que provavelmente ingeriu.

É a primeira temporada em que os árbitros da Premier League utilizam spray para marcação do posicionamento da barreira. Enquanto o objeto é uma novidade para eles, no Brasil já vem sendo utilizado há anos.

O inconveniente, porém, não atrapalhou Cazorla e nem o Arsenal. A equipe derrotou, de virada, o Crystal Palace por 2 a 1 e aparece entre as melhores equipes da competição nesta primeira rodada.

Veja abaixo o incidente entre o spray do árbitro e Santi Cazorla:

Sem mais artigos