<br> Com um empate o torcedor são-paulino sai hoje do Morumbi comemorando o bicampeonato brasileiro. Como de costume em São Paulo, os torcedores vão para a avenida Paulista e varam a noite festejando. Mas, dessa vez, o torcedor Tricolor terá que procurar um outro lugar. Devido as reformas na calçada da avenida, as comemorações no cartão-postal de São Paulo estão proibidos.

“As calçadas estão tomadas por obras em toda a Avenida Paulista. Foi reservado um espaço social no estádio para ser feita a queima de fogos”, diz o coronel Álvaro Camilo, comandante do policiamento na região central. Ele ainda afirmou que o local da comemoração foi acertado com a torcida são-paulina.

Mesmo assim, o centro da cidade terá um policionamento reforçado. Isso para que as cenas da comemoração da Libertadores de 2005, quando a torcida são-paulina vandalizou a Paulista, não se repita.

Cerca de 160 policiais estarão em estações de metrô, praças e locais onde há um grande trânsito de pessoas na região central. Além disso, 250 homens do Batalhão de Choque irão reforçar a segurança na área.

<b>Veja também:
<a target=_blank href=http://www.virgula.com.br/esporte/gatorade_esporte/nota.php?ID=21870>Atacante Viola só quer saber do São Paulo!</a>

Sem mais artigos