O Barcelona decretou neste sábado (26) três dias de luto pela morte do ex-técnico Tito Vilanova, que morreu ontem aos 45 anos, e que concluirão na noite da segunda-feira (28) com a realização de uma cerimônia religiosa na catedral de Barcelona.

O clube informou que amanhã pedirá um minuto de silêncio no campo do Villarreal e que todos os jogadores azulgranas usarão um bracelete preto.

O último dia de luto será na segunda-feira com a missa na catedral de Barcelona, e o clube anunciou que no próximo sábado (03), no jogo entre Barça e Getafe, também guardará um minuto de silêncio em memória do treinador.

Blatter expressa tristeza 

O presidente da Fifa, o suíço Joseph Blatter, expressou sua “tristeza” nesse sábado (25) pela morte do ex-técnico do Barcelona.

“Muito triste ao saber da notícia. Todo meu carinho para a família de Tito Vilanova e o Barcelona”, escreveu Blatter em sua conta no Twitter.

Tito Vilanova morreu ontem, aos 45 anos, na clínica Quirón, em Barcelona, onde foi operado na quinta-feira devido a uma obstrução no estômago, causada por um câncer na glândula parótida contra o qual lutou nos dois últimos anos.

Sem mais artigos