O Bayern de Munique conquistou pela primeira vez o Campeonato Mundial de Clubes da Fifa, ao bater neste sábado (21), sem grandes dificuldades e em jogo de pouca emoção, o algoz do Atlético-MG, Raja Casablanca, por 2 a 0, na decisão disputada no Estádio de Marrakech, no Marrocos.

Logo aos 7 minutos, depois de uma boa chegada do time da casa com Iajour, que finalizou para fora ao ficar cara a cara com Neuer, Dante aproveitou sobra de bola na área do time marroquino, após jogada iniciada em escanteio de Shaqiri, e fuzilou para o fundo das redes, abrindo o placar.

Apesar da luta do Raja muito para endurecer o jogo, o Bayern não ampliou com tranquilidade. Aos 22, após linha de passe no campo ofensivo, Alaba serviu Thiago que finalizou com categoria da entrada da área para fazer o segundo dos campeões europeus. Depois do lance, o jogo virou quase um protocolo, em que, principalmente, o time alemão, aguardava a entrega da taça e das medalhas.

Esta foi a primeira vez que o Bayern disputou o torneio nos moldes atuais. Em 1976 e 2001, o clube foi campeão da Copa Intercontinental, superando Cruzeiro e Boca Juniors, respectivamente.

O Raja Casablanca, que disputou o Mundial de 2000, no Brasil, é o primeiro clube anfitrião a decidir o título desde a adoção do formato atual, utilizado a partir de 2005. Além disso, a equipe iguala o melhor desempenho de um africano no Mundial de Clubes, que era do TP Mazembe, da República Democrática do Congo, em 2010.

Curiosamente, a equipe do extravagante goleiro Kidiaba também eliminou nas semifinais um rival brasileiro, na época o Internacional. O Raja Casablanca garantiu vaga na final ao vencer o Atlético Mineiro, por 3 a 1.

Este foi o quinto título do Bayern de Munique em 2013. Antes do Mundial, o clube conquistou o Campeonato Alemão, a Copa da Alemanha, a Liga dos Campeões da Europa e a Supercopa Europeia. A última competição não vencida pelo clube foi a Supercopa da Alemanha, em que o campeão foi o Borussia Dortmund.

Outra marca importante foi obtida pelo técnico espanhol Josep Guardiola, que é campeão do torneio pela terceira vez. Em 2009 e 2011, o catalão ergueu a taça quando comandava o Barcelona, nas decisões contra Estudiantes e Santos.

Além de Dante, o lateral direito Rafinha também foi titular do Bayern na final do Mundial. Outros brasileiros que participaram da partida foram os integrantes do trio de arbitragem: Sandro Meira Ricci, Émerson de Carvalho e Marcelo Van Gasse.

A partida foi acompanhada pelo rei marroquino Muhammad VI, que viu o jogo das tribunas de honra do Estádio de Marrakech. Antes de a bola rolar, o chefe de estado cumprimentou e tirou fotos com os jogadores das duas equipes.

Bayern de Munique confirma favoritismo, vence Raja e conquista Mundial da Fifa

Sem mais artigos
Sair da versão mobile