<br>
A vitória por 2×1 do Corinthians em cima do Fortaleza pela Copa do Brasil, poderia ter sido maior se não fosse pela má pontaria de alguns jogadores como Dentinho e Carlos Alberto. O Timão teve duas chances claras de fazer o terceiro gol e eliminar a partida de volta.

Para o técnico Mano Menezes, o falta de pontaria do ataque corintiano é um problema para a equipe. "Técnico trabalha para a equipe criar as oportunidades, mas quando elas surgem a execução depende do jogador. Estamos repetindo esse erro e agora temos que analisar a situação de outra maneira", disse o treinador.

Após bater, Mano assoprou e valorizou o poder de reação do time. "É difícil você ganhar fora de casa na Copa do Brasil. Esse era um dos propósitos. Saímos atrás, mas empatamos logo em seguida, então não houve o efeito positivo para o adversário. No segundo tempo, melhoramos ainda mais, tanto que tivemos chance do 3 a 1, mas está de bom tamanho", disse o treinador.

A mudança de postura do Corinthians no segundo tempo da partida, tem , em grande parte, o dedo do treinador. Mano mudou no intervalo o esquema de jogo do time do 4-4-2 pra o 3-5-2, que vinha implantando nos jogos anteriores.

"O futebol é um conjunto de coisas. Teoricamente, o que fiz estava correto, mas nossa execução não foi boa. Com mais um meia, tínhamos que controlar o jogo. Tivemos a chance disso, mas erramos muito e entregamos a bola ao adversário. Taticamente não encaixamos", analisou Mano, sobre suas mudanças no time.

LEIA MAIS
<a target=_blank href=http://www.virgula.com.br/esporte/novo/nota.php?ID=24258>De virada, Timão vence Fortaleza pela Copa do Brasil

Sem mais artigos