Após um empate em 1 a 1 no tempo normal e uma longa disputa de pênaltis, com doze cobranças para cada lado, o Brasil foi derrotado por 11 a 10 pelo México nesta sexta-feira (01) e deixou o Campeonato Mundial Sub-17, disputado nos Emirados Árabes, nas quartas de final.

Diante do atual campeão, a seleção brasileira teve dificuldades para repetir as boas atuações que teve ao longo da competição, que a levaram às quartas com 18 gols marcados e três sofridos em quatro partidas.

Em um jogo equilibrado, os gols saíram apenas na etapa final. E foram os mexicanos que abriram o placar, aos 35 minutos do segundo tempo. Díaz cobrou falta na área e Ochoa completou para a rede. Cinco minutos depois, porém, a zaga do México deu bobeira, Nathan tentou duas vezes e deixou tudo igual.

Nos pênaltis, Ulisses errou a terceira cobrança da equipe da América do Norte, e Gabriel, atacante do Santos, poderia ter dado a vitória ao Brasil, mas falhou em sua tentativa, a quinta da seleção. A disputa se estendeu então até o 12º chute de cada time, e Mosquito, um dos artilheiros brasileiros na competição, parou no goleiro Gudiño.

Nas semifinais, o México terá pela frente Argentina ou Costa do Marfim, que medirão forças neste sábado (02). O outro finalista será a Suécia ou o vencedor do jogo entre Uruguai e Nigéria.

Sem mais artigos