As dificuldades da seleção brasileira para chegar a Piúra foram além da crise aérea do Peru. A delegação desembarcou na cidade, local do duelo contra o México, por volta das 3h (horário de Brasília). A previsão inicial era que o vôo aterrissasse por volta da meia-noite. O atraso foi provocado por determinação da entidade equivalente ao Departamento de Aviação Civil brasileiro, que constatou um grande número de vôos que decolaria no horário previsto para a saída do avião da seleção de Arequipa – por volta das 20h (horário de Brasília). A seleção enfrenta neste domingo o México, às 22h30, pelas quartas-de-final da Copa América.

Sem mais artigos