O presidente da Bolívia, Evo Morales, participará da abertura da Copa do Mundo de 2014, que será realizada no próximo dia 12, em São Paulo, confirmou nesta quinta-feira (05) o encarregado de Negócios da embaixada brasileira em La Paz, Antonio José Rezende de Castro.

“O presidente Morales nos dará a honra e o prazer de ir ao Brasil para a abertura da Copa, isto já está confirmado. Estará no país no dia 12 e vai voltar imediatamente porque temos a reunião do G77 (na cidade boliviana de) Santa Cruz”, disse o diplomata em entrevista coletiva em La Paz.

A presidente Dilma Rousseff convidou Morales, um grande amador do futebol, e outros líderes para a abertura do evento esportivo.

Segundo Castro, “muitos chefes de Estado e de governo estarão presentes em diferentes momentos da Copa, não necessariamente na abertura”.

Entre as autoridades que confirmaram que estarão no Mundial 2014 figuram a chanceler alemã, Angela Merkel; o vice-presidente dos EUA, Joe Biden; a presidente do Chile, Michelle Bachelet; e o primeiro-ministro da Croácia, Zoran Milanovic.

O presidente Morales encontrará no Brasil o secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, e após a abertura, ambos viajarão juntos à Bolívia para participar da Cúpula dos 77 países em desenvolvimento e China (G77) que será realizada em 14 e 15 de junho em Santa Cruz.

Castro indicou que como Dilma terá que receber os chefes de Estado que chegarem ao Brasil para o evento futebolístico, não está confirmada ainda sua participação na Cúpula do G77.

Sem mais artigos