O ator britânico Tim Roth interpretará o presidente da Fifa, Joseph Blatter, em um filme sobre a história do órgão reitor do futebol mundial, o qual deverá ser lançado somente no próximo ano, informou na noite da última sexta-feira (25) a emissora BBC.

O filme, intitulado provisoriamente de “F2014”, também contará com o protagonismo de Gérard Depardieu. Na trama, o ator francês naturalizado russo viverá Jules Rimet, um dos fundadores da Fifa, que completaria 110 anos no próximo ano.

Reconhecido por suas atuações nos longas “Pulp Fiction: Tempo de Violência” e “O incrível Hulk”, Roth, de 52 anos, viverá o presidente da Fifa em um momento em que o mesmo se encontra envolvido em uma série de acusações de corrupção e polêmicos episódios relacionados com suas declarações sobre racismo e mulheres no futebol. Aos 77 anos, Blatter dirige a Fifa desde 1998.

Em um vídeo publicado pela entidade, o presidente da Fifa, que teria conhecido o ator britânico em um encontro que mantiveram em Zurique, revelou que assistiu todos os filmes de Roth e que existe “algo em comum” entre eles.

Já Depardieu, de 64 anos e que será um dos protagonistas, interpretará Jules Rimet (1921-1954), o presidente que mais tempo esteve à frente da Fifa, desde 1921 até 1954, e cujo nome aparece inscrito na própria taça da Copa do Mundo.

O filme, que abordará a história da principal instituição do futebol desde sua criação, em 1904, será produzido pelas produtoras francesas Leuviah e Thelma Films, com filmagens previstas na França, Brasil e Azerbaijão.

Sem mais artigos