É a primeira vez que escrevo para vocês. Talvez muitos leitores prefeririam conhecer minhas opiniões sobre analises técnicas e táticas dos clubes. Mas hoje eu gostaria de comentar sobre um assunto que tem tomado uma dimensão que vai além do absurdo “as atitudes de alguns membros de torcidas organizadas”.

É inadmissível que um garoto saia de sua casa para assistir a uma partida de futebol de seu time preferido e acabe morto só por ter cruzado o caminho dos adversários e mais inadmissível ainda que membros da torcida acusada pelo fato achem mais importante ficar formatando listas de dispensas de jogadores ao invés de se empenhar nas investigações deste crime bárbaro.

E o vandalismo não para por aí. A moda agora apedrejar ônibus e carros de jogadores, acamparem em frente a casa de presidentes de clube e ameaçarem dirigentes e seus familiares.

Será que eu estou enganada ou futebol deixou de ser o esporte mais popular do Brasil para se tornar mais um produto do crime organizado.

Sou a favor sim, dos protestos inteligentes, da alegria, da energia contagiante de um estádio lotado, mas principalmente da integridade física do verdadeiro torcedor, que sai da sua casa com um único intuito de prestigiar o seu time.

Não podemos ficar omissos a tamanha barbaridade.

RAPIDINHAS:

-Se um dos critérios que influencia da hora da convocação de um atleta para a Seleção Brasileira é o momento que ele está vivendo em seu clube, fico sem entender por que Rogério Ceni não foi convocado no lugar de Marcos.

-Petkovic deu uma cara ao Vasco da Gama, com seus toques precisos tem sido fundamental no elenco cruz maltino.

-Tenho certeza que o dia que a imprensa deixar de contar os dias que Gil está sem marcar gols, ele desencanta.

-O Estatuto do Torcedor já completou um ano e a maioria dos torcedores não tem a mínima noção dos seus direitos.

-Em tempo de pregar a paz nos estádios, jogadores resolveram assumir uma postura cada vez mais agressiva dentro de campo. Que belo exemplo!!!

-Luis Fabiano tem sido campeão no quesito ansiedade. Desde que soube do interesse do Barcelona-ESP, o jogador não sabe falar em outra coisa.

-Infeliz a declaração de Ricardo Teixeira que se diz favorável a implosão do Maracanã.

-O Corinthians segue de olho em Ortega, detalhe: o jogador não joga há dezesseis meses e ainda tem uma pendência jurídica com a Fifa.

– Acho correta a atitude do técnico Luxemburgo de querer manter no elenco somente jogadores que irão permanecer na Vila.

<a href="mailto:mulheresemcampo@corp.virgula.com.br"><font face="Verdana" color=#FFFFFF>Mande um e-mail dizendo o que você achou da Coluna</font></a>

Sem mais artigos