Nelson Mandela

Nelson Mandela quando era vivo foi um atuante ativista contra a Aids

Todos as partidas do Campeonato Inglês dedicarão neste final de semana um minuto de aplausos à memória do falecido líder sul-africano Nelson Mandela, segundo foi anunciado nesta sexta-feira (06).

“As partidas deste final de semana serão precedidos por um minuto de aplausos para lembrar a vida e as conquistas de Nelson Mandela”, indicou o Campeonato Inglês.

Mandela, que morreu na quinta-feira (05) aos 95 anos em sua casa de Johanesburgo, era um grande amador desse esporte, segundo lembraram hoje vários representantes do futebol inglês.

A Federação de Futebol Inglesa (FA) lamentou sua morte e destacou especialmente que o ex-presidente sul-africano tinha uma “grande capacidade de perdoar”.

O presidente da FA, Greg Dyke, disse que Mandela foi “uma das maiores figuras de sua geração” e lembrou a viagem de uma delegação dos jogadores ingleses em 2003 a Durban (África do Sul) para se reunir com Mandela, entre eles David Beckham e Michael Owen.

O ex-jogador David Beckham também reagiu ao falecimento de Mandela e disse que foi uma “honra” conhecer um homem “que queria o bem de tanta gente”.

“Perdemos um cavalheiro e um ser humano muito valente”, escreveu Beckham em seu conta no Twitter.

Para Greg Dyke, “Nelson Mandela tinha essa extraordinária capacidade de viver através da injustiça real”, que o transformou em “uma das grandes figuras de sua geração”.

“Foi em parte por isso que conseguiu, mas sobretudo por sua capacidade para perdoar”, concluiu o presidente da FA.

Previamente, o lendário ex-jogador inglês do Manchester United, Bobby Charlton, amigo pessoal de Mandela, pediu “que seja celebrada a vida” do político sul-africano.

“Me sinto abençoado de ter vivido durante sua vida e também privilegiado de tê-lo encontrado em várias ocasiões. Deus abençoe meu amigo, Madiba“, disse Charlton, que aos 76 anos continua sendo o maior artilheiro do Manchester United, com 249 gols.

Campeonato inglês terá um minuto de aplausos em todas as partidas por Mandela

Sem mais artigos