O zagueiro Jamie Carragher declarou que o técnico Fabio Capello encontrará uma forma de melhorar a seleção inglesa antes da Copa, que apesar da vitória no último amistoso contra México, não demonstrou sua “melhor atuação”, na sua opinião.

“Todo mundo está encantado com o resultado, mas não foi a melhor atuação”, disse Carragher referindo-se à partida da segunda-feira, quando a Inglaterra venceu a seleção mexicana por 3 a 1, segundo informa a agência local “Press Associated”.

“Mas estou certo de que o técnico vai enxergar os pontos em que podemos melhorar”, destacou o zagueiro do Liverpool, que voltou a jogar com a seleção inglesa no amistoso depois de três anos.

Apesar da vitória da Inglaterra no Wembley Stadium, o técnico Fabio Capello não havia se mostrado satisfeito com o jogo e disse que a disputa serviu para estudar o que é preciso trabalhar em seu time.

“Aprendi que temos de fazer algo a mais no campo e temos que pressionar mais”, disse o italiano na coletiva depois do jogo.

Carragher, que ao longo de sua carreira jogou sob as ordens de diferentes técnicos em seu clube e na seleção, comparou Capello com Steve McClaren, técnico da seleção na época em que havia abandonado a equipe inglesa.

O jogador havia anunciado sua saída da seleção após o amistoso disputado em 2007 contra o Brasil, no Wembley.

“O sistema é diferente, já que é um técnico diferente, e cada um tem suas próprias idéias e maneiras de fazer as coisas”, falou. “Quanto ao elenco, os jogadores, o pessoal, é o mesmo e funciona muito bem”, acrescenta.

“Capello é um técnico concentrado. Ele é esse tipo de treinador. É difícil dizer muito porque só estive uma semana com a Inglaterra, desde a minha volta”, falou o inglês.

Ele também declarou que, ultimamente, a qualidade dos técnicos tem sido mensurada pelos resultados, e devido ao recorde de sucessos colhidos por Capello, Carragher acredita que isto possa servir de inspiração para a África do Sul.

“Não acho que seja correto dizer ‘um técnico que faça isso é bom’. Se tiver vontade, sempre será bom”, declarou.

“Cada treinador tem sua própria forma de ganhar. Os outros técnicos da Inglaterra tiveram suas próprias maneiras. Mas a razão pela qual eles se tornaram técnicos da Inglaterra é porque eles já eram muito bons”, disse.

Sobre a boa recepção dos fãs quanto a sua volta, Carragher declarou: “eu havia entendido que a recepção não tinha sido tão boa, já que eu estava longe do elenco da Inglaterra por três anos, por decisão minha”.

Sem mais artigos