Um dia depois de ter eliminado Thomaz Bellucci nas semifinais, o argentino Federico Delbonis conquistou neste domingo (02) o título do Brasil Open, torneio da série ATP 250 do circuito profissional de tênis, ao vencer o italiano Paolo Lorenzi em uma dura decisão disputada no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo.

Em 2h07min, Delbonis bateu Lorenzi, grande surpresa do aberto do Brasil, por 2 sets a 1, com parciais 4-6, 6-3 e 6-4, e obteve o primeiro título da carreira. No ano passado, o tenista de 23 anos ficou com o vice do ATP 500 de Hamburgo.

O italiano foi a grande surpresa da competição ao deixar pelo caminho a consagrados como o argentino Juan Mónaco e o alemão Tommy Haas, que era o cabeça de chave número 1 e abandonou a semifinal no segundo set, depois de ter perdido o primeiro, devido a um problema no ombro.

A vitória de Delbonis deve levá-lo do 61º para o 45º lugar do ranking mundial e pôe fim a uma longa hegemonia dos tenistas espanhóis que já durava seis anos no Brasil Open, cujo título em 2013 ficou com Rafael Nadal.

Nas duplas, os colombianos Robert Farah e Juan Sebastián Cabal, campeões do Rio Open há uma semana, ficaram com o vice em São Paulo. Eles perderam a decisão para o espanhol Guillermo García-López e o austríaco Philipp Oswald.

Sem mais artigos