Aos meus amigos e amigas:

Pela permissão que você me concede de entrar na sua casa, tenho a obrigação de sempre lhe falar a verdade, nada mais que a verdade. Para quem não assistiu à segunda edição do Esporte Total na última quarta-feira, dia 02 às 20h15min, aqui vão os motivos pelos quais estou mais uma vez fora do ar:

1º – A Band Minas escolheu o portão do Mineirão como cenário de minha apresentação ao vivo. Desde às 19h30 eu assistia à uma revolta de centenas de torcedores que não puderam comprar ingressos e que não tinham 400 reais para comprar nas mãos de cambistas. Toda a imprensa tinha conhecimento que somente 42 mil ingressos foram destinados ao grande público. E que mais de 10 mil ingressos-convites estavam nas mãos do governador Aécio Neves e do presidente da CBF, Ricardo Teixeira. Quando eu passei a ver de perto a revolta dos torcedores deficientes físicos que não podiam ter acesso ao portão que, sempre, foi para entrada exclusiva deles e que, naquele jogo Brasil e Argentina, estava destinado à artistas, políticos e seus acompanhantes, aí sim comecei a mostrar ao vivo o que estava acontecendo. Fiquei indignado.

2º – Primeiro entrei ao vivo no Jornal da Band com o Carlos Nascimento. Relatei os fatos, mostrei tudo! E devolvi para o Nascimento, que fez o seguinte comentário: "A gente gosta do Kajuru por isto. Porque ele fala o que ninguém fala e mostra o que ninguém mostra".

3º – Às 20h15min, meia hora depois, comecei a apresentar ao vivo o Esporte Total do mesmo lugar. Alí não parava de chegar todo tipo de político e de artista sem ingresso, apenas com o envelope azul do
convite do governo de Minas. E alí aumentava, cada vez mais, a revolta das pessoas. Cumpri meu dever jornalístico. Mostrei tudo e entrevistei alguns torcedores. Às 20h30min, quando me dirigia a um torcedor na cadeira de rodas, que apontava uma carteirinha e, aos gritos, dizia que era uma lei federal e que ele deveria ter prioridade para entrar, eu disse: "Mais um conflito que você vai ver logo depois do 1º intervalo do Esporte Total, eu volto já !!!"

Conclusão: Não voltei mais, inventaram uma justificativa de que havia problema técnico mais depois me avisaram que por causa do governador Aécio, alguém da diretoria da Band havia decido na redação e mandado me tirar do ar através do Sr. Juca Silveira. Até hoje, continuo fora do ar, esperando por uma decisão da emissora.

Decisão: nesta Quarta-feira, dia 09, a direção da Band me demitiu às 11 horas da manhã. O diretor de jornalismo, Fernando Mitre fez a comunicação e disse que saio de portas abertas e que a empresa tem certeza que um dia ainda vou voltar. De minha parte saio sem nenhuma mágoa e francamente agradecendo à Band por ter me dado tanta liberdade até o dia dos episódios Casas Bahia e governador Aécio Neves. A estes dois deixo a mensagem de que continuo sendo jornalista, independente e investigativo. À Band deixo a minha compreensão de que o mundo econômico é assim mesmo: um conflito permanente da liberdade de imprensa, neste Brasil mais chegado à liberdade de empresa e de autoridade. Nesses 30 anos de
carreira muitas coisas perdi em função de minha postura mas, felizmente duas coisas eu não vou perder jamais: a minha dignidade e o meu direito pleno de me indignar as coisas erradas. Essas duas coisas pertencem a mim Não estão em contrato e ninguém pode me tirar.

Agora, me dirijo a você, que me assistiu durante esses 14 meses na Band: Muito obrigado por tudo e principalmente por dado a mim a certeza de que vale a pena ser digno, continuar transparente e seguir numa relação de mão dupla com você de casa. É isso aí e orgulhosamente volto a ser pobre, feio, mas pelo menos magro. Até a próxima demissão.

Atenção: Convido-lhes para ler a coluna do jornalista Juca kfouri nesta quinta feira, dia 10, no jornal “Lance”. Não é pela nossa amizade e sim por se tratar do comentário mais fiel a tudo que se ocorreu.

Jorge Kajuru

<a href="http://www.virgula.com.br/esporte/phps/interna.php?id=3600" target="_blank"><b><font color="#FFFFFF">Juca kfouri defende Kajuru. Leia!</font></b></a>

<a href="http://www.virgula.com.br/virgula.php?link=http://www.virgula.com.br/tvirgula/index.php?VIDEO=722" target="_blank"><b><font color="#FFFFFF">Assista a entrevista exclusiva com Kajuru</font></b></a>

Carta oficial de Jorge Kajuru

Sem mais artigos