<br>
O que já era difícil pode ter ficado muito mais após a vitória do Milan sobre a Inter de Milão por 2×1 nesse domingo. A liberação de Kaká para a disputa da Olimpíada só depende de seu time, e o clube já avisou que, caso se classifique para a Copa dos Campeões da Europa, não deixará o jogador integrar o elenco que irá a Pequim.

Com a vitóriasobre a rival, o Milan se aproximou da zona de classificação para a Copa, fato que deixa Kaká mais longe da seleção de Dunga.

O presidente da CBF, Ricardo Teixeira, admitiu, em entrevista ao programa <i>Canal Livre</i>, que será muito difícil conseguir a liberação do atleta junto ao Milan. "Acho muito difícil. A CBF não tem poderes para exigir a liberação dele", resumiu Teixeira.

<b>LEIA MAIS</b>
<a target=_blank href=http://www.virgula.com.br/esporte/novo/nota.php?ID=25025>Pato diz que Ronaldo continua sendo seu ídolo

Sem mais artigos