Melhor jogador da Europa e um dos favoritos à Bola de Ouro de melhor jogador do mundo na temporada, Franck Ribéry ainda não está garantido na Copa do Mundo no Brasil em 2014, e precisa ajudar a França a superar a Ucrânia pela repescagem. O camisa 7 afirmou que o Mundial sem a França seria “uma catástrofe”.

“Simplesmente, eu não posso imaginar que a seleção da França não esteja no Mundial, isso seria uma catástrofe para nós, para todas as pessoas, para toda a França – disse o meia-atacante do Bayern de Munique, de 30 anos.

Com 77 partidas pela seleção francesa no curriculo, Ribéry considera o duelo diante dos ucranianos pela repescagem europeia primordial para a sua carreira, que acontecerá nos dias 15 e 19 de novembro, em jogos de ida e volta.

“Nós devemos jogar como sempre, não ter medo e não nos estressar” – recomendou Ribéry, um dos principais nomes na tríplice conquista do Bayern na temporada passada: os campeonatos da liga e da copa da Alemanha e o título da Liga dos Campeões da Europa.

Sem mais artigos