<br> Após os péssimos resultados nos Mundiais sub-17 e sub 20, além dos Jogos Pan-Americanos, a CBF resolveu realizar algumas mudanças no futebol de base do Brasil. Os maus resultados coincidiram com o acúmulo da função de diretor de todas as seleções nas mãos de Américo Faria, após Branco deixar o cargo de comandante das divisões de bases para assumir uma função no Fluminense.

“Os resultados não agradaram, estou analisando a situação e vou tomar providência”, garante o presidente da CBF, Ricardo Teixeira.

Américo Faria não acompanhou as seleções de jovens nos mundiais, e alguns membros das comissões técnicas reclamaram do acesso livre de empresários aos hotéis em que estavam as delegações brasileiras. Além disso, reclamaram de supostas negociações que aconteciam durante os torneios, desviando a atenção dos jovens.

A seleção sub-17 do Brasil foi eliminada por Gana nas oitavas-de-final do Mundial da categoria, além de cair na primeira fase do Pan após perder para o Equador. Já a Seleção sub-20 caiu nas oitavas-de-final do mundial desta categoria ao perder para a Espanha. Com uma vitória e três derrotas em quatro jogos, o Brasil alcançou a pior campanha da história dos mundiais sub-20.

<b>Leia também:
<a target=_blank href=http://www.virgula.com.br/esporte/novo/nota.php?ID=20691>Ricardo Teixeira praticamente confirma Rio Grande do Sul!</a>

Sem mais artigos